Publicado em: 29/11/2017.

Número de funcionários com nível superior aumentou 15 pontos percentuais e já representa quase 50% da força de trabalho

O perfil do servidor público mudou nos últimos 20 anos. Levantamento realizado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) mostra um aumento de 15 pontos percentuais na proporção de servidores com nível superior nos órgãos públicos do Governo Federal. Em 1997, esse grupo de trabalhadores representava 34% do total de servidores ativos. Atualmente, eles são 49% de um conjunto de 635.677 pessoas que atuam no Executivo Federal.

Para o secretário de Gestão de Pessoas do MP, Augusto Chiba, as mudanças no mercado de trabalho provocadas pela tecnologia também tiveram impacto no Governo Federal. “O levantamento mostra uma busca do governo pela modernização do serviço público, contratando pessoas mais qualificadas para construir soluções inovadoras, com o objetivo de atender melhor a população brasileira”, afirma Chiba.

Segundo o secretário, o levantamento do Ministério também demonstra diminuição na contratação de servidores de nível auxiliar e de nível intermediário. Há 20 anos, 6% do total de servidores eram auxiliares e 57% tinham apenas o ensino médio. Atualmente, os números mostram uma redução para 3% e 37%, respectivamente.

Dados do Painel Estatístico de Pessoal (PEP) também demonstram essa mudança no perfil do servidor público. Neste ano, ingressaram por concurso público no Governo Federal 16.217 pessoas entre janeiro e outubro. Desse total, cerca de 58% são graduados ou possuem alguma especialização, mestrado ou doutorado.

FAZENDA

Ainda de acordo com o PEP, o Ministério da Fazenda (MF) é o órgão que tem mais servidores de nível superior. Atualmente, trabalham no MF 31.029 pessoas. Deste total, 20.555 possuem alguma graduação. Em segundo lugar, fica o Ministério da Saúde (MS), com 14.216 trabalhadores de nível superior.

Já proporcionalmente, o órgão que possui mais servidores graduados é o Departamento de Polícia Rodoviária Federal, que tem em seus quadros 94% de um total de 10.921 servidores com nível superior. Em seguida, está a Polícia Federal, onde 80,9% das 14.137 pessoas que trabalham no órgão têm alguma graduação.

O PEP foi lançado em junho deste ano com o objetivo de auxiliar na modernização da gestão de pessoas, ampliar a transparência ativa e ainda simplificar o acesso às informações estatísticas dessa área do governo federal. A solução é atualizada mensalmente pela Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP).

Fonte: http://www.planejamento.gov.br/noticias/dados-do-planejamento-mostram-que-servidor-hoje-e-mais-qualificado-do-que-ha-20-anos